Bom combate versus mau combate

É muito complicado quando você luta, se esforça e gasta energia por algo que depois você vai perceber que foi inutilmente inútil. Você já percebeu que, via de regra, gastamos tempo, energia com coisas que não valem a pena. Cônjuges que ficam dias sem falar um com o outro achando que isso atinge o outro, quando na verdade, ambos são prejudicados; e nesse tempo perdido quantos diálogos perdidos, devido ao orgulho. Outras vezes entramos em conflitos desnecessários, temos a oportunidade de apaziguar, mas jogamos gasolina para apagar o fogo. Vemos outros se envolvendo com drogas, sendo escravos da bebida, caindo na burrice de achar que isso é liberdade, quando na verdade eles mesmos são escravos de seus vícios. Tem pessoas lutando para fazer o que não vale a pena, fazendo escolhas que trarão consequências no futuro. O apóstolo Paulo viveu uma vida maiúscula, não sem erros, mas perto do final de sua vida ele disse “combati o bom combate, completei a carreira e guardei a fé.” (2 Timóteo 4.7). Ele olha pelo retrovisor de sua vida e está em paz dizendo que viveu uma vida significativa, cheia de sentido. Podemos dizer que o bom combate são as lutas que entramos, que de fato valem a pena, que servem para nosso crescimento e desenvolvimento, lutas que depois de vencidas, percebemos que fato valeram a pena. Diante disso devemos tomar cuidado com o mau combate. Não entre em batalhas que não valem a pena, não entre em lutas nas quais Deus não está presente. Para lutar as batalhas certas na nossa caminhada precisamos de um norteador do que fazemos e, certamente DEUS jamais nos levará a lutar o mau combate e sim o bom combate, as batalhas que trarão alegria e regozijo e não lamento e arrependimento do que foi feito. Que Deus nos ajude a buscar e lutar pelo que de fato vale a pena. Corra atrás do que é certo, e não negocie princípios. Gaste energia fazendo as escolhas corretas, para que não fique lamentando batalhas inúteis, mas antes de qualquer batalha converse com Aquele que é por nós e que nunca falhou e nunca falhará nas suas promessas – DEUS.

Rev Sandro C. Rodrigues      email: sandropistos@yahoo.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

cinco × 4 =

WhatsApp chat
%d blogueiros gostam disto: