Beraldo governou Pinhão por 34 dias

Beraldo Nunes do Amaral,(MDB) vice-prefeito de Pinhão -PR | Foto: nara Coelho

Por Nara Coelho

Obedecendo a lei municipal que determina que o prefeito deva tirar férias anualmente, o prefeito Odir Gotardo, (PT) esteve de férias de  27 de dezembro de 2018 a 15 de janeiro de 2019, referente ao período aquisitivo de 2017 e de 16 de janeiro a 31 de janeiro de 2019 referente a 2018. Assim, o vice-prefeito Beraldo do Amaral, (MDB) assumiu a prefeitura, ficando à frente do município por 34 dias.

Fatos do Iguaçu, na quarta-feira, 30 de janeiro, foi conversar com Beraldo para saber o que ele achou da experiência, pois em Pinhão isso aconteceu pela primeira vez em 54 anos de emancipação política do município.

Beraldo declarou que considerou a experiência muito positiva, como ele e o prefeito Odir estão em boa sintonia, foi tudo bem tranqüilo, “O leque de serviço foi grande, é um período mais tranqüilo, porque é período de ferias, mas problemas surgem todo dia para se resolver e é preciso resolver. Desde encaminhamento de projetos e emendas parlamentares a situações pontuais que precisam ser resolvidas agora, não dá para ficar para amanhã”. Complementou “Nesse período é preciso dar atenção ao meio político e fazemos várias conversações para buscar recursos”.

Ele destacou que estão lá para fazer um trabalho que atenda a coletividade, “Não estamos aqui para favorecer aquele ou aquele outro, mas, para ajudar o crescimento coletivo, esse é o meu  pensamento e do Odir. Não estamos aqui para dar jeitinho, trabalhamos dentro da lei e para todos. Buscamos ser justos, não somos perfeitos e erramos, mas sempre buscamos fazer o melhor e vamos chegar ao final do governo com a consciência tranqüila”.

OS UNIVERSITÁRIOS

Coube ao Beraldo administrar a questão do transporte dos universitários. Ao realizar o planejamento de 2019, a administração decidiu que cederia cinco, dos treze ônibus que precisa para realizar o transporte universitário. “Coube a mim administrar o remédio amargo, mas foi tranqüilo e o que precisa ser feito estou pronto para fazer. Foi uma decisão que era mais que necessária ser feita, faltou coragem às outras gestões, pois claro que causa um impacto político. Mas é preciso pensar que as nossas crianças são prioridade, até porque a educação básica está mais vulnerável, é nela que devemos investir nosso esforço”. Ele lembrou que a administração está auxiliando a Associação até eles conseguirem caminhar sozinhos.

SECRETARIA DE SAÚDE

Por dois anos Beraldo foi secretário de Saúde e avaliou de forma positiva seu tempo na secretaria de saúde, “Sei que poderia ser melhor, mas saio de consciência tranqüila, meu principal objetivo atingi, descentralizamos o serviço, implantamos uma proposta de trabalho mais humanizada, e o meu objetivo principal, que era baixar o índice de mortalidade infantil para um dígito, atingimos e zeramos o de gestante. Saio tranquilo da secretaria”.

PAPEL DE VICE-PREFEITO

Beraldo é firme em declarar que o vice pode ajudar muito, mas que para isso é preciso que o prefeito dê abertura e confie no vice-prefeito.

“Já demonstramos para as pessoas que o vice não pode ser omisso, eu não tenho me omitido, não que os demais vices não tivessem disposição para ficar trabalhando, mas não houve nas outras gestões uma abertura e confiança do prefeito para dar um espaço ao vice”.

Beraldo Nunes do Amaral

O vice-prefeito garantiu que vai estar muito presente na administração do município, “Vou estar indo nas secretarias para auxiliar os secretários, para acompanhar mais de perto os trabalhos, discutindo e fazendo análises de resultados. Assim vou auxiliar o prefeito, porque ele precisa estar aqui no gabinete atendendo as pessoas e demandas, coisa que em gestões passadas era raro, pois o prefeito estava sempre se escondendo, inclusive ia se esconder nas secretarias, digo, escondido literalmente, pois isso eu vivenciei. Quero ouvir as pessoas e os funcionários para dar mais transparência ao governo”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

9 − três =

WhatsApp chat
%d blogueiros gostam disto: