Violência doméstica

Na segunda-feira, 18 de outubro, a recepcionista do hospital local entrou em contato com o plantão do 4º Pelotão da Polícia Militar de Pinhão -Pr, informando que domingo, 17 de outubro, deu entrada no hospital uma mulher desacordada por ter sofrido agressões.

Uma equipe policial deslocou-se ao hospital e ouviu o relato da vítima, que disse ter uma filha com seu ex-marido e que no domingo foi levá-la na casa do ex e depois foi para casa de seu compadre.

O ex-marido, sua mãe, os dois irmãos e atual mulher foram até a residência onde ela estava e levaram-na à força para uma casa abandonada na mesma localidade e agrediram-na, até que seu pai, que ela já tinha pedido para ir buscá-la, chegou e também foi agredido, mas conseguiu retirá-la do local.

Disse que após chegar em casa, começou a passar mal e foi encaminhada para o hospital, onde ficou desacordada por 24 horas. A PM emitiu o boletim de ocorrência e orientou a vítima quanto aos procedimentos cabíveis.

 Com informação do 4º PPMPho


Compartilhe

Veja mais