Foto: Divulgação

Alunos do Imperatriz atingem excelente resultado em teste de proficiência de língua inglesa

Referência em língua alemã, o Colégio Imperatriz Dona Leopoldina também está se destacando no ensino de outros idiomas. Na última semana, a instituição recebeu os resultados das provas de proficiência da Universidade de Cambridge, realizadas por um grupo de 13 alunos, em dezembro de 2020.

Os testes de proficiência da Universidade de Cambridge acontecem em inúmeros países e demonstram através da escrita, leitura, escuta e fala a capacidade de comunicação de crianças, jovens e adultos na língua inglesa. Os estudantes do Imperatriz fizeram a avaliação no Colégio Farroupilha, em Porto Alegre, um dos centros autorizados para aplicação das provas no Brasil.

De acordo com a coordenadora pedagógica do Ensino Médio e do Ensino de Alemão do Colégio Imperatriz, Gésica Cristina Fritsch Dorfey, o desempenho dos estudantes na prova superou as expectativas. “Os alunos fizeram a prova com o objetivo de atingir o nível B1, que é um bom grau de conhecimento. Todos eles foram aprovados, e alguns chegaram ao nível B2, o que nos surpreendeu positivamente”, comenta.

A coordenadora explica que em 2019 o Imperatriz reestruturou sua metodologia de ensino do inglês. Hoje, os estudantes contam com um material didático específico para as aulas (English ID, para as séries finais do Ensino Fundamental, e American Headway para o Ensino Médio), além de serem divididos em dois grupos, correspondentes ao seu nível de conhecimento, assim como já acontecia com a língua alemã. “A proposta é que todos se desenvolvam de maneira adequada. O inglês e o alemão abrem muitas portas e os alunos têm se mostrado entusiasmados em estudar essas línguas”, esclarece Gésica Dorfey.

Para a estudante Julia Nauy, do 1º ano do Ensino Médio, o teste de proficiência de Cambridge foi mais simples do que esperava. “Aqui no Imperatriz temos contato com o inglês desde a Educação Infantil, por isso estávamos bastante preparados”, afirma.

Também aluno do 1ª ano do Ensino Médio, Vitor Gartner Maroso concorda com Julia e ressalta a importância da língua estrangeira para o futuro dos estudantes. “Seja para lazer, estudo ou trabalho, saber inglês é fundamental”, diz.

Em 2021, a intenção do Colégio Imperatriz é firmar uma parceria com o Colégio Farroupilha, para que possa aplicar o teste em suas instalações. Com isso, um número maior de alunos poderá participar da prova, em diferentes níveis.

Com Assessoria

Faça seu comentário