ALERTA: Dengue, a doença sem limites

As agentes de Endemias continuam visitando os bairros em busca de possíveis focos

Novo boletim divulgado na última terça-feira, 21 de junho, pela Secretaria de Estado de Saúde (Sesa) menciona que 316 cidades do Paraná já tiveram casos confirmados de dengue desde agosto de 2015. A cidade com o maior número é Paranaguá, no litoral, com 16.321 casos.

Nos últimos dias, 622 novos casos foram registrados no Estado, levando o total de casos para 52.237. Mais uma pessoa morreu, subindo para 58 o número de óbitos por dengue.

DIA D

Como já havia sido informado aos paranaenses, todo dia 9 de cada mês os municípios devem elaborar e colocar em prática ações que alertem a população sobre o risco da doença. Em Pinhão, o Setor de Endemias da Secretaria de Saúde realizou durante todo o dia uma blitz com a distribuição de adesivos e panfletos, alertando sobre possíveis focos do mosquito, que não são eliminados com as baixas temperaturas. Cerca de 300 carros receberam o adesivo.

NA BATALHA

As agentes de Endemias continuam visitando os bairros em busca de possíveis focos e perceberam que os focos com água parada diminuíram em grande número, mas ainda é preocupante. “O acúmulo de lixo ainda é um problema, a população não colabora, deixa o lixo em volta de suas casas ou joga em locais públicos. Não tem consciência de deixar seus terrenos sempre limpos”, mencionou uma das agentes.

A ação de panfletagem foi o caminho que o setor encontrou para atingir um maior número de pessoas. Todos que passaram em frente ao Banco do Brasil foram abordados e informados sobre a doença. “Assim repassamos informações a todos os lugares de Pinhão. Quando fazemos em um bairro, somente os moradores daquele local ficam sabendo”, observou.

Deixe uma resposta

WhatsApp chat
%d blogueiros gostam disto: