Adão Correia dos Santos foi condenado a nove anos de prisão

O Conselho de Sentença reuniu-se na terça-feira, dia 13 de dezembro, no plenário do Tribunal do Júri de Pinhão para o julgamento do réu Adão Correia dos Santos, acusado de atentar contra Luiz Domingues da Luz.

Segundo relatos, no dia 14 de abril de 2009, por volta das 8h30, na localidade de Bom Retiro, o réu, com intenção de matar a vitima, desferiu um disparo de arma de fogo,  que não foi apreendida, contra a vítima, atingindo-lhe a perna direita, causando lesões corporais graves.

Adão atirou em direção à vítima na oportunidade em que a mesma estava no alto de um pinheiro, portanto, impossibilitada de se defender. O réu não conseguiu consumar o ato porque não conseguiu recarregar a espingarda, momento em que a vítima desceu do pinheiro e saiu correndo, tendo sido socorrida e encaminhada a atendimento médico na sequencia.

O réu foi condenado a cumprir pena de nove anos, sete meses e seis dias de reclusão em regime fechado.

Durante o decorrer do processo, o Ministério Público requereu a decretação da prisão provisória do acusado tendo em vista que este acabou matando a vítima em nova oportunidade.

 

 

Deixe uma resposta

WhatsApp chat
%d blogueiros gostam disto: