A luta não para

De certa maneira, a vida pode ser comparada há uma grande campanha militar, uma longa batalha. Há muitas lutas no cotidiano, alguns lutam para acordar, outros para dormir. Há aqueles que lutam contra uma enfermidade, vícios, depressão e afins. Há pais que lutam pelos seus filhos, outros lutam com os seus filhos, para que eles sigam pelo caminho certo. Há outros, que lutam pelo seu relacionamento, outros, infelizmente, lutam para destruir o relacionamento. Há aqueles que lutam pelo nada, batalhas inúteis, que não trazem nada de produtivo, não acrescenta nada de bom, só caos. ,

Há outros que nas lutas da vida, acabam lutando do lado errado, e só depois percebem (outros nem depois) a burrada que fizeram. Hoje vemos uma luta que está em evidência, e não é o MMA, mas é uma luta contra um inimigo muito perigoso, não visível a olho nu, um tal de Corona Vírus (com alguns apelidos). Há estudiosos lutando na descoberta de uma vacina, há médicos lutando pela vida de muitos pacientes que foram nocauteados por esse vírus. Não podemos esquecer dos enfermeiros que batalham dia e noite pela vida e muito menos dos pacientes que lutam pela vida.

Enfim, são muitos guerreiros e guerreiras, professores, alunos, pais, mães, a lista é enorme. Em meio a essa pandemia, não podemos ignorar as outras lutas, as demandas dentro do lar, no trabalho, as demandas internas do coração. Na Bíblia Sagrada temos um personagem que compara a vida a um combate longo, é claro que ele chama esse combate de bom, porque existe o mau combate. O mau combate, são as escolhas destrutivas, viver uma vida baseada em valores líquidos, sem firmeza. Deixar que o rancor, a vingança, a soberba, a inveja, a cobiça dite as regras. Neste mau combate há aqueles que lutam para parecer felizes, quando na verdade estão quebrados por dentro, mas preferem viver na hipocrisia.

Admita você ou não, concorde ou não, para se dar bem nas batalhas da vida, precisamos estar do lado certo. Do lado certo, podemos contar com Aquele que nos fortalece, que nos anima, que nos protege, que está conosco, mesmo nos dias de Pandemia. Do lado certo temos a certeza de que estamos lutando o bom combate. Como já disse certo reformador do século 16 “com Deus nós estamos sempre em maioria”. Não ignore as lutas da vida, não fuja das lutas da vida. Lembre-se sempre, uma coisa é encarar as lutas da vida sozinho, outra coisa bem diferente é estar ligado ao Eterno Deus; Nele podemos confiar e descansar, pois Ele cuida de nós até mesmo enquanto dormimos.

A luta não para, ainda bem que Deus também não para de nos fortalecer, de nos animar e reanimar para sermos mais que vencedores. Quer saber de que lado está nas lutas da vida, avalie, reflita, atente para os bons conselhos, mas principalmente, se volte para o Criador do Universo, que organiza e reorganiza, transforma a nossa história.

Rev Sandro – pastor da Igreja Presbiteriana de Pinhão

Faça seu comentário

%d blogueiros gostam disto: