2º dia de Copa tem show de CR7 e vitória uruguaia na estreia

Cristiano Ronaldo marca três na primeira partida e já é artilheiro da Copa | Foto: Reprodução FIFA

Irã também entrou em campo mais cedo e venceu graças a um gol contra

Ah, a Copa do Mundo. Que saudade que nós estávamos de você! Futebol o dia inteiro e, já no segundo dia de competição, um jogaço recheado de estrelas. Nesta sexta-feira (15), o clássico ibérico foi destaque da rodada.

Pelo grupo B, Portugal e Espanha ficaram frente a frente no estádio Olímpico de Sochi, no embate entre o talento individual contra o jogo coletivo. E logo de cara, a estrela de Cristiano Ronaldo brilhou. O gajo precisou apenas de três minutos de jogo para balançar as redes. Após sofrer pênalti, bateu com estilo abriu o placar.

Após o susto, os espanhóis começaram a equilibrar a partida e impuseram o seu estilo de jogo, com toque de bola sofisticado e movimentação. Até que aos 23, Diego Costa recebeu um lançamento, ganhou na dividida e deixou tudo igual para os espanhóis. Mas a alegria dos torcedores da Fúria durou só 20 minutos. Isso porque quem tem o jogador eleito cinco vezes o melhor do mundo, tem uma máquina de fazer gols. Aos 43, contando com um frangaço do goleiro De Gea, o Robozão, como é conhecido no Brasil, marcou o segundo dele e dos portugueses antes do intervalo.

A briga era de cachorro grande e a segunda etapa ainda guardava mais surpresas. Depois de uma jogadinha ensaiada, Diego Costa empatou novamente para os espanhóis, aos nove minutos de jogo. E não deu nem tempo para os portugueses assimilarem o empate, porque, aos 12, foi a vez de Nacho marcar e colocar a Espanha na frente do placar.

O jogo caminhava para a vitória espanhola, mas o homem estava impossível. Aos 42 minutos, Cristiano sofreu falta na entrada da área. Ele mesmo bateu, fez o terceiro dele na partida e garantiu um ponto precioso para os lusos. Final, Portugal três, Espanha três. Já na primeira partida, CR7 assumiu a artilharia da Copa na Rússia.Outras duas partidas também agitaram a segundo dia de Copa. Fechando as atividades do Grupo A, Uruguai e Egito se enfrentaram no primeiro jogo do dia. Depois de um jogo amarrado, mas com muitas chances perdidas para os dois lados, os uruguaios provaram mais uma vez a fama de copeiros e justificaram o favoritismo.

Já aos 44 da segunda etapa, Sánchez levantou a bola na área e Giménez foi mais alto do que todo mundo para testar no contrapé do goleiro, sem qualquer chance. Final, Uruguai um, Egito zero. O resultado deixa os uruguaios em segundo no grupo, já que a Rússia tem vantagem no saldo de gols. Mohamed Salah ficou no banco durante os 90 minutos e ainda se recupera de uma lesão sofrida na final da Liga dos Campeões.

No outro jogo do grupo B, Marrocos e Irã jogaram em São Petesburgo e também foram econômicos na quantidade de gols. Com um nível técnico relativamente baixo, as duas equipes não fizeram uma partida muito empolgante. Mas a emoção estava guardada para um dos últimos lances do jogo. Como uma espécie de replay do gol uruguaio na outra partida, o Irã conseguiu marcar graças ao gol contra de Aziz Bouhaddouz. Placar final, Marrocos zero, Irã um.

E neste sábado (16), o que não vai faltar é emoção. E quem quiser acompanhar todos os jogos vai ter que acordar cedinho. França e Austrália abrem os trabalhos do grupo C às sete da manhã, horário de Brasília.

Às dez da manhã é a vez de ver o craque Lionel Messi em ação. Isso porque a Argentina encara a Islândia. Uma hora da tarde a torcida rubro-negra vai sentar na frente da TV para ver o atacante Paolo Guerrero, que entra em campo pelo Peru no duelo contra a Dinamarca.

Fechando o dia, às quatro da tarde, Croácia e Nigéria se enfrentam em um duelo que promete ser equilibrado.

Reportagem, Raphael Costa

Fonte: Agência do Rádio Mais

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quatro × 2 =

WhatsApp chat
%d blogueiros gostam disto: