Um ano difícil, mas de realizações

Sebastião Campos prefeito de Reserva do Iguaçu | Foto: Naor Coelho/Fatos do Iguaçu

“Refizemos o aterro, recuperamos o crédito do município, adquirimos ônibus e trouxemos serviço bancário à população” Sebastião Campos

Sebastião Campos, prefeito de Reserva do Iguaçu, recebeu com exclusividade no dia 16 em seu gabinete o Fatos do Iguaçu, quando explanou as dificuldades de 2017, a situação encontrada no município era bem pior do que imaginavam. “Encontramos a prefeitura com mais de 14 milhões de dívidas. Muitos entraves e problemas porque, além das dívidas, as consequencias e os processos. Não ter as negativas foi terrível, a última negativa tinha vencido em março de 2013, ou seja, a que nós deixamos, de lá pra cá, o município perdeu  muitos recursos, inclusive em 2017. Tivemos que fechar a contabilidade  de 2015 e 2016 e só conseguimos isso em novembro do ano passado. Além disso, tivemos alguns problemas internos de integração da equipe e a própria defasagem de pessoal dificultou os trabalhos. Ainda enfrentamos um ano de crise no país”.

DÍVIDAS

Logo que a equipe de Sebastião assumiu o Município foi feito um levantamento, e entre dívidas com a Sanepar, Copel, Fundo de Previdência,  levantaram um montante de 14 milhões, boa parte negociadas. “Desses 14, 2 milhões, o município pagou a seus devedores, e o restante vem negociando, os R$ 6 milhões do Fundo, negociados em 17 anos, com a Copel, em 4”. Ele ressaltou que até o mês de outubro o município teve uma arrecadação de um milhão e setecentos reais a menos que em 2016, e até outubro de 2017, um milhão e novecentos reais de dívidas, herdados da administração anterior foram pagos. O Município vai gastar mais de 7% de seu orçamento só para administrar a dívida em 2018 deixada pela gestão do ex-prefeito Emerson Julio Ribeiro.

DÍVIDAS ATUAIS

Das dívidas geradas em 2017, apenas algumas coisinhas ficaram para 2017. ”Fechamos o ano com nossas contas em dias, sobraram algumas contas pequenas, que já quitamos agora em janeiro”, informou Sebastião.

RECUPERAÇÃO DO CRÉDITO

Uma das ações mais importantes realizada em 2017 foi o resgate do crédito do município, há anos totalmente desacreditado com fornecedores, instituições e governo. “Para nós, recuperar o crédito que o município havia perdido nos últimos anos, é uma das “obras” mais importantes. Muito triste ver fornecedores, instituições privadas e governamentais não quer negociar com o município porque ele não cumpria com os compromissos assumidos. Isso quase que impossibilita oferecer os serviços à população. Mas, hoje, já conseguimos recuperar boa parte desse crédito com fornecedores, entidades e governos”, declarou o prefeito.

SERVIÇOS BANCARIOS

A falta de uma agência bancária que atendesse as necessidades da população que, praticamente, nos últimos anos ficou sem, resultou em muito trabalho para sua solução. “Nossa parceria com a Cresol possibilitou que a cooperativa abrisse o atendimento a toda a população, independente de ser cooperado ou não. Não ter uma agência que possibilitasse transações simples como depósito e pagamento de boletos no município era um problema grave, a população tinha que se deslocar para os municípios vizinhos só para realizar transações bancarias”. Ele também informou que o Sicoob estará se instalando no município nos próximos meses.

NEGATIVAS

O município ainda está sem as negativas, porém, toda a equipe administrativa  está trabalhando em janeiro para obtê-las. “Estamos em férias coletivas, mas a equipe administrativa está trabalhando internamente durante o mês de janeiro para que possamos requerer as negativas provisórias, para podermos pleitear os investimentos estaduais e federias”, destacou o prefeito.

AÇÕES EXECUTADAS

“Mesmo diante dessa situação, ainda conseguimos fazer várias ações, compramos ônibus, construímos algumas obras, melhoramos várias estradas, que estavam em péssimo estado, limpamos as ruas e começamos a embelezar, e todas essas ações são muito significativas e trouxeram, digamos, uma certa satisfação diante desse ano tão ruim. Avaliamos que nos saímos bem, pois organizamos a casa e ainda conseguimos realizar algumas ações”, apontou o prefeito. E destacou ainda, que foi posto em dia o salário do funcionalismo. “Dentro de toda essa situação caótica, 14 folhas de pagamento foram pagas em 2017, isso é muito significativo”.

ATERRO SANITÁRIO

Uma das ações que Sebastião apontou foi obter a licença provisória do aterro. “O aterro ficou zero quilômetro em 2013, encontramos o aterro virado num lixão a céu aberto, sem as licenças, praticamente começamos do zero. Demandou investimentos, aluguel de máquina para terraplanagem, tivemos um gasto considerável com o aterro, mas não tinha como não fazer, essa foi uma ação importante, mas valeu a pena, conseguimos a licença de volta”, ressaltou .

CONCURSO

O prefeito considera que o concurso foi um dos pontos positivos, pois, assim, em 2018 poderão trabalhar com as equipes mais completas, estruturadas. “No ano passado, um dos fatores que dificultou o trabalho em várias áreas foi a falta de pessoal, agora vamos contratar  operador de máquina, professores. Na saúde  estamos contratando 20 funcionários, isso já é começar o ano melhor, com mais garantias de melhor atendimento à população”.

SECRETARIAS

Sebastião destacou que em 2018 a equipe vem mais integrada e isso vai permitir que o trabalho nas secretarias seja ainda mais produtivo e com mais qualidade.

Como o município de Reserva do Iguaçu é predominantemente agrícola, houve uma alteração significativa no orçamento da secretaria de agricultura. “Melhoramos bem o orçamento da Secretaria de Agricultura, somos um município agrícola, assim é importante investir nessa área é esse setor que faz girar inclusive o comércio”. Complementou que: “Ainda estamos sofrendo com as estradas do interior, esse ano vamos dar uma atenção especial ao seu cascalhamento”.

Quanto ao turismo, “Sabemos que esse é um trabalho que teremos resultados a longo prazo, que os obstáculos são muitos, mas o município tem potencial no  turismo, para ser um dos elementos de geração de renda e emprego, por isso vamos continuar investindo nessa área”, disse Sebastião.

HORARIO DIFERENCIADO

Sebastião expôs que, para 2018, pretendem funcionar com um horário diferenciado, para dar mais agilidade aos trabalhos internos, será das 8 às 14 horas, sem interrupção para o almoço. “Esse ano queremos implantar um horário diferenciado que vai atender melhor a população mas também nos permite fazer uma economia e otimiza o trabalho interno, a ideia é ir além do apagar incêndio, é trabalhar em cima do que planejamos”.

PACIÊNCIA

Um pouco mais de paciência, é o que pede Sebastião à população.

“Precisamos um pouco mais de paciência da população, estamos numa situação melhor do que a de janeiro de 2017, mas ainda não é uma situação tranqüila e boa, por isso, precisamos da compreensão e paciência da população. Porém, tenho certeza que, com os novos funcionários e com a equipe mais integrada, teremos um ano bem melhor. Estamos aqui dispostos e com toda energia para enfrentar os desafios desse ano e fazer mais e melhor do que fizemos em 2017”, finalizou o prefeito.

 

Receba nossas atualizações

Inscreva-se e logo estará recebendo nossas atualizações

I agree to have my personal information transfered to MailChimp ( more information )

O seu email está 100% seguro. Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1 × 1 =

%d blogueiros gostam disto: