SOLITÁRIAS MEDITAÇÕES

                                                                                             Por Dartagnan da Silva Zanela (*)

(i) TODO MUNDO, DE VEZ EM QUANDO, tem o seu momento de chatice. Faz parte da vida. Porém, há uns carniças que pediram pra ser chato e deu eco. São chatos praticamente todo dia.

(ii) COERÊNCIA, PRA ESQUERDISTA, É COMETER o erro de acreditar em um monte de patacoadas ideologicamente deformadas na juventude e, com o passar dos anos, continuar a crer e a defender ferozmente os mesmos disparates deformantes apreendidos em tenra idade.

(iii) MATURIDADE NÃO É SINÔNIMO DE UMA vida onde o indivíduo insiste em defender as ideias e os ideais disformes apreendidos na juventude. Não mesmo. Isso é somente a coerência dos tontos. Maturidade é aprender a ter vergonha dos erros cometidos em idade juvenil e a abandonar todas as ideias e os ideais que deformam a personalidade duma pessoa.

(iv) LI MUITO AS OBRAS DE NIETZSCHE em minha porca juventude. Praticamente tudo. Por isso digo, sem pestanejar, que ele era um doido varrido. De carteirinha. E, como todo maluco de pedra, ele tinha lá seus momentos de genialidade. Por isso, penso que a grande questão, na leitura de suas obras, é sabermos diferenciar as sandices do dito cujo dos seus lampejos de sabedoria. E sou franco em dizer: não são muitos que sabem fazer isso, como também não são tantos assim os lampejos de sapiência que podem ser encontrados em suas laudas.

(*) Professor, caipira, escrevinhado e bebedor inveterado de café.

Receba nossas atualizações

Inscreva-se e logo estará recebendo nossas atualizações

O seu email está 100% seguro. Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

18 − 5 =

%d blogueiros gostam disto: