Sargento Nilson foi para Policia Rodoviária

Após três anos e meio de serviços prestados em Pinhão, o segundo Sargento, Nilson Maurício Ramos, que comandava o 4º Pelotão de Polícia Militar deixou o posto para assumir um novo desafio, comandar um dos postos da Policia Rodoviária em Guarapuava.

Em entrevista ao jornal Fatos do Iguaçu, o sargento Nilson relatou sobre sua atuação em Pinhão, segurança, amigos e as novas perspectivas profissionais. “Agradeço ao Fatos, por divulgar os fatos como eles realmente aconteceram, por sempre vir antes verificar como os fatos ocorreram para depois informar a população. Pela nossa parceria, pois a divulgação de nosso trabalho feito pelo Fatos, ajudou a nossa aproximação com a comunidade”.

Dever cumprido

O sargento afirma que sai com a sensação de missão cumprida, pois junto com sua equipe muitas metas foram alcançadas, principalmente da aproximação da Polícia Militar com a população, ter devolvido à comunidade espaços públicos como a praça Darci Brolini, as melhorias na estrutura do pelotão, de atendimento à população que nos procura. “Mas acreditamos que poderíamos ter feito mais e peço desculpas pelo que não pudemos realizar. Tivemos muito mais produtividade do que reclamações. Hoje podemos observar que a criminalidade está controlada em Pinhão e que as famílias podem passear pela cidade com segurança. Ainda necessitamos de políticas públicas que ofertem principalmente aos jovens condições de ocuparem seu tempo ocioso como programas educativos, deixando-os longe de más companhias. E da ampliação de geração de empregos que, querendo ou não, o desemprego reflete na segurança pública É preciso reconhecer que a Patrulha Escolar e o Proerd também colaboraram para esses bons resultados”.

RELACIONAMENTOS

Nilson salienta que deixará muitos amigos, que sempre teve um bom convívio com a comunidade. Ressalta o ótimo relacionamento com o Poder Judiciário, o promotor de justiça. “Nosso bom relacionamento com o judiciário na pessoa do Dr Vinicius e Dra Daniana, que sempre confiaram em nós e no reconhecimento que sempre demonstraram pelo trabalho que todos nós do pelotão realizamos, sempre foi um forte motivo que tivemos para prosseguir e buscar melhorar mais. Bem como a credibilidade junto ao Ministério Público, na pessoa do dr Bruno, tudo isso nos permitiu realizar um bom trabalho.”

O sargento fez questão de registrar que o grupo com quem trabalhou aqui em Pinhão são de soldados muito bons. “Um grupo de soldados dedicados, honestos, que buscam fazer e dar o melhor de si”. Nilson frisou o bom relacionamento com o Conselho Municipal de Segurança (Conseg) e a Polícia Civil. “Muito tranquilo e bom de trabalhar com a polícia civil, formamos uma parceria e sempre estávamos nos ajudando, isso não é comum.”

Falou que o trabalho deles só não é melhor porque o efetivo é menor do que o município precisa, ressaltou a parceria com a administração municipal, que sempre os auxiliou.

O sargento deixou como sugestão para o executivo e legislativo que busquem desenvolver leis, projetos que resolvam questões que podem parecer simples, mas que ajudam muito na segurança pública. “Vou, mas quero que a cidade  cresça, sugiro que o executivo e legislativo pensem na colocação das câmeras de segurança, que se melhore a iluminação da cidade, em leis que levem as pessoas a manter seus lotes limpos para evitar que terrenos baldios sejam usados para esconderijo e por fumeiros, melhorar a sinalização das ruas, pois tudo isso reflete na segurança pública”.

Terminou a entrevista agradecendo o trabalho que o pastor Sandro Carvalho Rodrigues, da igreja Presbiteriana do Pinhão realiza com o pelotão, e a Deus. “O pastor Sandro faz um momento de reflexão com nós toda quinta- feira, que é ótimo, e não posso deixar de dizer que se fizemos um bom trabalho é porque Deus sempre esteve à frente”.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezesseis + um =

%d blogueiros gostam disto: