Quando a PM chegou avô negou a agressão

Da redação – com informação da PMP

Um dos conselheiros tutelares solicitou à equipe do 4º Pelotão de Policia Militar de Pinhão que fosse até a localidade de Faxinal dos Ribeiros, onde um adolescente, portando uma arma de fogo, estaria ameaçando e agredindo seu avô. No local, em contato com o agredido, este disse que estava tudo normal em sua residência e que seu neto não teria nenhum tipo de armamento, e que uma audiência para resolver assuntos familiares envolvendo seu neto já estaria marcada para o dia 11/11/2017. Assim, dispensou o serviço da equipe policial dizendo que não fora agredido nesse dia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezoito − 17 =

%d blogueiros gostam disto: