Capa e Editorial da Edição nº:802

Pag01802.jpg

16 de junho de 2017

Tim tim

Em vinte anos muitas coisas podem acontecer, algumas podem até se perder na poeira da estrada da vida. Outras podem se fortalecer, crescer. Vinte anos é tempo mais que suficiente para se concluir que não se é feliz num casamento ou descobrir que se quer mais vinte juntos. Em vinte anos uma criança pode nascer e se tornar um profissional. Em vinte anos se pode inclusive fazer a base de todo uma instituição que terá um trabalho grandioso e marcante na vida de muitas pessoas por mais vinte, trinta anos. Como se pode finalmente dizer Ufa! Até que enfim terminou. Essa edição traz bem isso, o desenrolar de duas historias de vinte anos, que tem em comum além do tempo a persistência e a perseverança e acima de tudo, o acreditar em um dia melhor para o outro. O brinde vai e de forma muito carinhosa ao maravilhoso e persistente trabalho que professores, profissionais da saúde, voluntários, auxiliares desenvolvem na APAE Nova Esperança, que nesta semana completou 20 anos de trabalho. Um trabalho de dedicação à vida, à possibilidade, ao porvir do ser humano. Porque é preciso ter a paciência e a perseverança como amigas intimas nessa caminhada, pois os resultados vêm, porém, bem devagar. E às vezes um susto, uma gripe, uma febre, uns dias sem aula, faz com que se perca um ano de trabalho. Mas, em contrapartida, recebem dos alunos um amor puro, regado a muito carinho. Assim, ver a APAE Nova Esperança comemorar vinte anos de trabalho e dedicação aos seus alunos e familiares, faz com que pensemos que a vida é muito mais que trabalhar, ganhar dinheiro, saborear os prazeres fúteis da vida. Ao ouvir os pais dizerem obrigado pelo  que vocês fizeram e fazem pelo meu filho e por minha família, com toda a sinceridade que o coração de uma mãe pode conter, é compreender que a vida é na verdade, estar com o outro, é olhar para cada ser humano e ver nele o que há de mais belo e ter a certeza que todos podem se desenvolver, ir além do que demonstram. Conviver com os que aparentemente apresentam limitações físicas ou mentais escancara aos olhos que o coração nunca tem limitação e que o amor e a dedicação, regados à perseverança podem superar tudo, até as ditas limitações físicas. Por isso só podemos dizer a todos que trabalham ou se envolvem com a APAE Nova Esperança, parabéns pelo belo trabalho que vocês vem construído há vinte anos. Obrigado por serem dedicados, perseverantes e terem um olhar tão gentil para os que parecem precisar tanto de nós e que na verdade a todo dia nos dão lição do ser gente e gente boa. Bem,só a comemoração da APAE já era motivo para preencher as linhas do editorial, porém, é preciso terminar, encerrar a historia de uma conquista que levou vinte anos para se tornar realidade, que exigiu muita paciência, persistência, muito engolir de sapos, perseverança, acreditar em palavras que por um bom tempo não se tornaram ações. Para a felicidade de reservenses e pinhãoenses, a pavimentação asfáltica foi inaugurada com discursos dos ex e atuais prefeitos, regado a emoção de produtores que viram suas dificuldades de escoamento da produção virar lembranças. Assim, nesta edição 802, nós, do Fatos do Iguaçu,  com alegria fazemos um brinde para o nosso “Hominho da PR”, pois ele contribuiu nesta bela e promissora conquista e finalmente colocamos o ponto final na novela Pavimentação da PR 459

 

Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *