JOGOS DA JUVENTUDE: Basquetebol feminino conquista a divisão A

basquetebol-02.jpg

Foto: Paraná Esporte

Com o resultado do Basquetebol e Voleibol, Pinhão conquista o quarto lugar nos Jogos da Juventude na divisão B

Apucarana recebeu mais de 2.500 atletas de 84 municípios para disputar a 29ª edição da fase final dos Jogos da Juventude do Paraná da divisão B. As competições iniciaram dia 12 e terminaram dia 17. Além da disputa do lugar mais alto do pódio as equipes também brigavam pela ascensão à divisão A de 2017 prevista a todos os campeões das coletivas. Das nove modalidades esportivas, Pinhão participou do voleibol masculino e basquetebol (M/F).

“Um sonho realizado”, assim definiu o técnico da seleção de basquetebol de Pinhão, Robson Bonfim Ribas, o Robinho, após a conquista do título de campeão pelas garotas da seleção sub 15. “Ser campeões e podermos subir para a divisão A era um sonho de todos nós. Tínhamos sido convidados em 2014 e 2015 para participarmos desta divisão, conversei com as meninas e optamos por conquistar a vaga na quadra. E os rapazes ficaram em segundo lugar, também conquistando uma vaga. Guarapuava foi o último município a conquistar uma vaga na divisão A dos Jogos da Juventude há oito anos, depois disso a região não conseguiu representatividade”, revelou.

Robinho é técnico da seleção desde 2009 e desde então vem trabalhando na formação de uma equipe para representar o município. As atletas do sub 15 já estão treinando com ele há mais de três anos, conhece muito bem seus adversários. Alguns advém de centros maiores como Londrina, Foz do Iguaçu e Maringá e possuem uma estrutura de treinamento superior à de Pinhão, mas elas não se deixaram abater e buscaram cada vez mais o aprimoramento. Estão cientes de que com este título a cobrança é maior e a responsabilidade também, pois manter um título é mais trabalhoso que conquista-lo.

A equipe feminina sub 15 obteve alguns títulos em 2016, entre eles o terceiro lugar na Taça Paraná sub 15, vice-campeã dos Jogos Escolares do Paraná classe A sub 17, com a equipe do sub 15, vice-campeã estadual sub 15. Conquistaram pela oitava vez o título de campeão regional dos Jogos Escolares e nos Jarcans, tetra campeão da fase macrorregionalJogos Escolares e este título inédito de campeão dos jogos da Juventude, fase B.

Foi um ano excelente para o basquetebol de Pinhão, que termina sua participação em campeonatos pelo estado.  Com tantos títulos as garotas serão recompensadas com um descanso, que será breve, iniciando dia 14 de dezembro e terminando na primeira semana de janeiro de 2017. Por enquanto elas seguem apenas com os treinos semanais, afinal ninguém é de ferro.   “2016 para nós é como nos livros infantis, com um final feliz a todos, o que sonhei como técnico eu consegui, tivemos indicações para outras seleções de base, a secretaria estadual de Esportes me relacionou como um dos técnicos destaques do ano. Foram várias conquistas coletivas e individuais que mostram que valeu a pena o que passamos até hoje e esperamos que 2017 seja tão bom ou melhor que este”, finalizou.

 VOLEIBOL BRILHA EM APUCARANA

Outro treinador que voltou com um largo sorriso foi o professor Paulo Wegrow, técnico da seleção masculina de voleibol. Apesar de obter o quinto lugar na modalidade esportiva, os rapazes superaram equipes favoritas como Pato Branco, Jacarezinho e a anfitriã Apucarana, ao todo, 12 equipes disputaram o título e uma vaga na divisão A. “Nestes Jogos se enfrentam os campeões regionais de cada modalidade, este título conquistamos em São Mateus do Sul. Foi a primeira vez que o voleibol de Pinhão conseguiu chegar à fase final destes Jogos, perdemos para Pinhais e Campo Mourão, que ficaram em primeiro e terceiro lugar. Para mim, foi uma participação muito boa” avaliou Paulo Wegrow.

A seleção de Pinhão é formada por alunos do Colégio Morski e Colégio Santo Antônio e poderão participar em 2017, pois são jovens nascidos em 2000 e ainda podem fazer parte da equipe. “Para o próximo ano teremos alguns fatores a nosso favor, eles já se conhecem, sabem como cada um joga. Conhecem os adversários e sabem como são os campeonatos. A nossa responsabilidade é no mínimo alcançar as mesmas conquistas. É um grupo muito bom, são bastante disciplinados, focados, unidos, companheiros. Eles estão sempre em busca do melhor.

 

Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *