Marinha do Brasil lacra três balsas em Cruz Machado

A balsa “Rio da Areia” fazia a ligação de Cruz Machado com a cidade de Pinhão pelo Rio da  Areia.  Foto: Capitania Fluvial do Rio Paraná

A Capitania Fluvial do Rio Paraná (CFRP), ao realizar ações de fiscalização do tráfego aquaviário, lacrou no dia 10 de novembro de 2017 três balsas de travessia nos rios Da Areia e Iguaçu, todas no município de Cruz Machado. As balsas “Rio da Areia”, “Foz do Areia” e “Palmeirinha” foram impedidas de operar por questões de segurança da navegação e faziam a ligação de Cruz Machado com as cidades de Pinhão (Rio da Areia) e Bituruna (Foz do Areia e Palmeirinha).

A balsa “Palmeirinha” fazia a ligação de Cruz Machado com a cidade de Bituruna pelo Rio Iguaçu. Foto: Capitania Fluvial do Rio Paraná

Segundo a Capitania, as três embarcações apresentaram problemas semelhantes e que motivaram o lacre para a suspensão das travessias: falta de coletes salva-vidas, embarcação de sobrevivência em falta, sem luzes de navegação e certificado de Segurança da Navegação vencido.

Para voltar a operar, os proprietários das embarcações devem sanar as irregularidades constatadas junto à CFRP.

Irregularidades devem ser comunicadas à Capitania Fluvial do Rio Paraná pelo telefone (45) 3523-2332 ou pelo e-mail cfrp.secom@marinha.mil.br.

Com informações da Comunicação Social/CFRP.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

vinte − 4 =

%d blogueiros gostam disto: