Grupo EMME encanta platéias pela terceira vez

Uma pinhãoense também faz parte do grupo, que é formado por jovens de todo Brasil

Pela terceira vez consecutiva a Igreja Presbiteriana de Pinhão promoveu a apresentação da Escola de Ministério de Música e Evangelismo (EMME). O grupo traz mensagens bíblicas com representação dramática com um solista e um coro narrativo. Foram apresentados dois espetáculos, o primeiro na noite de domingo, dia 8 de maio, e o segundo na noite de segunda-feira, dia 9, nas dependências da igreja que ficou completamente lotada.

MORSKI E PROCÓPIO

Os colégios estaduais Mário Evado Morski e Procópio Ferreira Caldas foram agraciados na segunda, dia 9, com apresentação do coral e uma pantomima, que é a representação de uma história exclusivamente através de gestos, expressões faciais e movimentos, especialmente no drama ou na dança, abordando sobre drogas, dinheiro, amor fácil, entre outras situações que fazem com que muitos adolescentes acabem trilhando um caminho, às vezes, sem volta. E na terça, 10, à noite, o Colégio Morski recebeu novamente o grupo EMME para uma apresentação de uma peça de teatro tendo como tema principal as relações e o cotidiano familiar. Aceitando o convite da direção, os alunos dos Colégios Santo Antonio e Procópio também puderam apreciar o espetáculo.

O diretor do Procópio, professor Murilo Jocoski de Siqueira, estava satisfeito por receber pela primeira vez o grupo e oportunizar aos seus alunos esse tipo de espetáculo. “Uma mensagem muito direta para os alunos. Foi interessante poder trazer o espetáculo e mostrar outros aspectos que eles não têm conhecimento. Com a apresentação foi possível fazer com que reflitam. Percebi que alguns alunos estavam emocionados, imagino que o momento tenha tocado em seus corações. Espero que possamos recebê-los em nova oportunidade”.

O diretor do Colégio Morski, Fernando Sviercowski, lembrou que é a segunda vez que o EMME se apresenta na instituição, a primeira foi em 2014. “Os temas que abordam são de forma bastante lúdica, usando o teatro e a música, prendem a atenção dos alunos e os levam à reflexão sobre a forma como estão vivendo. Percebemos que ficaram muito atentos, o espetáculo prendeu a atenção deles. Foram abordados temas de extrema importância e pertinentes à idade, como a droga, o álcool, e que sempre há uma chance de recomeçar”.

A pinhãoense Elis Daniele Scheneider, apresentando os demais componentes do EMME no Colégio Procópio.
A pinhãoense Elis Daniele Scheneider, apresentando os demais componentes do EMME no Colégio Procópio.

O GRUPO

O EMME foi fundado pelo pastor Steve Peterson em1985. Sua principal atividade é levar a palavra de Deus através da música e do teatro a todos, desenvolvendo o evangelismo em escolas, hospitais, presídios, praças e outros lugares públicos.

O grupo possui uma característica toda especial porque é formado por jovens de todo o Brasil. “Depois de cada espetáculo convidamos a plateia e os que se sentiram tocados a fazer um teste vocacional e, quem sabe, poderão fazer parte do grupo. Após participarem de um retiro é que decidem se farão parte da nova formação, que acontece todo ano. Os que atendem ao chamado, por um ano percorrem o Brasil se apresentando e levando uma mensagem”, explicou o coordenador Ronald Huffnier.

UMA PINHÃOENSE

Para a surpresa de muitos espectadores, se apresentando estava a jovem pinhãoense Elis Daniele Schneider, que participou do pré-teste em 2015 e foi uma das escolhidas para compor a formação de 2016. “Está sendo uma experiência maravilhosa, eu tinha medo de criança, aqui em Pinhão quando tinha uma programação eu fugia. Venci esse medo, depois que participei de um evento com crianças promovido pelo grupo, foi uma grande mudança. A saudade de casa é muito grande, mas vale a pena, temos outra família, maior, com 23 irmãos e mais um pai. Cada lugar que chegamos construímos novas amizades. Sentimos que Deus está no comando e, muitas vezes, não é a nossa vontade que prevalece e, sim, a do Senhor”, afirma a garota.

O pastor Sandro Carvalho contou que a cada ano as peças são diferentes e que é a terceira vez que o EMME se apresenta em Pinhão. “Foram duas peças apresentadas, uma delas abordando a família, com seus conflitos do cotidiano. Mostra uma família contemporânea que fala sobre o contexto atual em que vivemos e os desafios que elas enfrentam. E outra peça retrata a vida de Jesus e as lições que nos deixou. A passagem do EMME pela nossa igreja nos traz novo ânimo, percebemos que quando se apresenta, a nossa fé é renovada e ficamos muito tempo refletindo sobre as mensagens que nos deixou”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezenove − dezoito =

%d blogueiros gostam disto: