ELEIÇÕES DE DIRETORES: Escolas Municipais estão em campanha eleitoral

CMEI-Orlando-Diogo.jpg

CMEI Orlando Diogo dois candidatos concorrem a direção (Foto: Gisele de Pádua/Fatos do Iguaçu)

Em Pinhão, entre as 13 escolas e os 7 Cmeis, 14 candidatos concorrerão à reeleição e em duas escolas haverá indicação para a direção.

Pais, responsáveis, professores, colaboradores, APMF e conselho escolar participarão das eleições para diretores e vice diretores das escolas municipais e Centros Municipais de Educação Infantil (Cmeis) de Pinhão, dia 29 de novembro.

È um momento ímpar para a comunidade escolar, que expressará através do voto toda a confiança em um profissional da educação que se dispôs não apenas a administrar uma escola, mas a dar o melhor de si a todos os envolvidos. Seis escolas terão candidato único à reeleição, três terão disputa entre dois candidatos, em uma escola a disputa será entre três candidatos. E em uma escola terá uma única chapa, formada por professoras que disputam pela primeira vez a eleição. Nas escolas que terão disputa, a escolha será entre os que já têm experiência na direção e os que trazem uma proposta nova, que estão buscando a direção pela primeira vez.

REELEIÇÃO

Em Pinhão, entre as 13 escolas e os 7 Cmeis, 14 candidatos concorrerão à reeleição, na Escola Municipal Nova Divinéia, dirigida pela professora Judith Boryça e na Escola Municipal Nossa Senhora do Rocio, dirigida pela professora Sirlei Domingues, não houve candidatos e os novos diretores serão indicados pela próxima administração municipal. “Alguns professores já estão no cargo pela segunda vez e não podem se candidatar. Outros manifestaram o desejo de não concorrer justificando que é um cargo de grandes responsabilidades, pois qualquer necessidade em dias letivos ou não, feriados, domingos e período de recesso ou de férias escolares é o diretor o primeiro a ser acionado”, lembrou Mariza Teixeira, da equipe pedagógica da secretaria de Educação e Cultura.

A votação será realizada nas dependências de cada escola, com início às 8 horas e término às 17 horas, com uma projeção de que às 18h 30 os diretores serão conhecidos. O voto dos professores tem peso 2 e as cédulas tem cor diferenciada dos demais votantes, pois o professor trabalha diretamente com o diretor. “Todos os procedimentos para este pleito obedecem ao Estatuto do Magistério, que determina o mês de novembro para a realização das eleições a cada dois anos. Os candidatos devem atender alguns requisitos, entre eles possuir graduação em Pedagogia ou pós-graduação em Gestão Escolar. Eles tomarão posse dia 9 de dezembro, às 10 horas com a solenidade de assinatura do Termo de Posse dos novos eleitos nas dependências da Universidade Aberta do Brasil (UAB)”.

OS CANDIDATOS

Somente a escola Cipriano de Paula Santos, em Faxinal do Céu, terá três candidatos: Aline Demoner, é candidata à reeleição e as professoras Ângela Maria Kopp e Rosinei Oliveira Lara também estão concorrendo.

Buscando a reeleição e sendo as candidatas únicas a colocarem seus nomes mais uma vez à disposição da comunidade, temos: na Água Verde, a diretora Selenita Barbosa, N.S. Glória, a diretora Geni Ribas, Norberto Serápio, a diretora Neuza Ferreira Antunes, Frei Francisco, Jocélia Boeira (Juca), na Santa Terezinha, Edimara dos Santos e na Santa Maria, a atual diretora, Adriana Alves Batista.

Com duas candidatas temos as escolas João José Zattar com a diretora Marli Terezinha Padilha e Alice Cleia Streski e na São Roque Creura Camargo Doing Caldas e Dilair Lima concorrem pela primeira vez.

Vice tem vez

Na Maristela Tussi, a professora Claudeci de Moraes concorre à reeleição e seu vice Edson Zaluski, forma uma chapa e as professoras Leoni Timm e a vice Ângela Zanardini são outra opção à comunidade escolar. Na escola Ironi a professora Vanda Santana e vice Denilda Lima também concorrem pela primeira vez. Segundo o Estatuto, estas escolas, por possuírem mais de 400 alunos, os diretores necessitam de um vice. E a Cecília Meireles, que tem as estreantes Raquel Lupepsa e a vice Ester dos Santos por oferecer à comunidade no período noturno o Ensino para Jovens e Adultos (EJA).

CMEIS

E os candidatos são: Tia Felicidade, a professora Adriane Gomes concorrerá pela primeira vez. Cantinho do Céu, Vera Millos busca a reeleição e tem Jocélia Witeck como concorrente. No Orlando Diogo, Irene dos Anjos também concorre à reeleição e Jair Prudente é candidato estreante.

No Jocemar Nestor a diretora Sandra Antonichen é a única candidata. No, Tereza Kramer as eleições acontecerão pela primeira vez e as candidatas são a diretora Salete Ramos e candidata Edina Camargo e na Tia Clarinha Elisangela Teixeira busca a reeleição.

“Os pais tem papel muito importante nessa eleição e devem comparecer às escolas para votar, as aulas ocorreram normalmente.“, reforçou Marisa.

Os diretores eleitos assumem o cargo no dia 1º de janeiro de 2017 e a gestão terminará em dezembro de 2018. As vagas de pedagogo serão preenchidas com os candidatos aprovados no concurso deste ano”, finalizou Mariza Teixeira.

Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dois × um =