Dia D em Pinhão conta com Feira da Saúde

Desde as 8 horas de hoje sábado, dia 13 de maio, os postos de saúde de todo o País estão abertos para o Dia “D” de mobilização contra a gripe H1N1, deverão ser vacinadas gratuitamente 54,2 milhões de pessoas que integram o público-alvo. Neste ano, a meta é vacinar 90% deste público até o dia 26 de maio, quando termina a campanha. A vacina protege contra os três subtipos do vírus recomendados pela OMS (Organização Mundial da Saúde) para este ano (A/H1N1; A/H3N2 e influenza B).

De acordo com o Ministério da Saúde, a campanha conta com uma estrutura formada por cerca de 36 mil salas de vacinação e com a participação de aproximadamente 240 mil pessoas. Além disso, serão utilizados mais de 27 mil veículos terrestres, marítimos e fluviais, que possibilitarão a vacinação em populações que vivem em áreas de difícil acesso, como as ribeirinhas e os povos indígenas.

Em Pinhão um dos primeiros a serem vacinados foi o servidor público Antônio Arino Kirchibaner de 67 anos e pela primeira vez Neuraldo Ferreira Mendes de 73 anos recebeu a vacina. Os postos dos bairros Mazurechen, Vila Caldas, São Cristóvão (manhã) e Dois Irmãos (tarde) além das localidades de Divinéia e Santa Maria estarão abertos até as 17 horas para atendera população.

A procura ainda é baixa, mas segundo o enfermeiro Samoel Ribeiro, é histórico que o movimento aumente próximo à hora do almoço e nas primeiras horas da tarde. Para as crianças há brinquedos, e também foram montado uma Feira da Saúde com espaços onde as equipes de endemias e agentes comunitárias de saúde estão orientando a população sobre saúde. Também é possível fazer a verificação de pressão arterial, teste de glicemia, tipagem sanguínea, coleta de preventivo para as mulheres, mobilização do Maio Amarelo entre outas orientação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezessete − quinze =

WhatsApp chat
%d blogueiros gostam disto: