Cresol apresenta o Plano Safra 2018/2019

O presidente Eomar José Conrado falou aos cooperados. | Foto: Nara Coelho/Fatos do Iguaçu

 

O Plano trouxe algumas novidades, entre elas, a baixa dos juros

Informe Publicitário: A agência de Pinhão da Cresol Vale das Araucárias, apresentou a seus cooperados na sexta-feira, 6 de julho, no plenário da Câmara de Vereadores o Plano Safra para a Agricultura Familiar.

Ao chegarem no evento, cooperados e convidados já perceberam a organização, pessoas para recepcionar quem chegava, uma empresa ligada à revenda de tratores expondo. Cooperados que fazem parte da Feira de Produtores vieram mostrar seus produtos. Quem chegava podia escolher se tomava um bom chimarrão ou um gostoso café.

Quem fez a abertura do evento foi o gerente da agência Cresol Pinhão, Dioni Eric Oliveira de Lima, em seguida, o presidente Eomar José Conrado falou aos cooperados da importância da participação desses nas ações promovidas pela cooperativa.

O PLANO SAFRA

A apresentação do Plano Safra 2018/2019  ficou a cargo do Gerente Geral da Cooperativa Cresol Vale das Araucárias, Rafael Galera, que iniciou colocando-se à disposição dos cooperados e, apresentando-se: “Sou filho de agricultores, nos finais de semana, estou lá, ajudando meus pais a carpir, plantar e colher, assim, eu compreendo o trabalho e a luta de vocês”.

AGRICULTURA FAMILIAR E EMPRESARIAL

Rafael expôs o excelente relacionamento que a Cresol mantém com o BNDES – Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social, que, inclusive, pode dizer que em relação à agricultura familiar, a Cresol é um braço do BNDES. “Somos uma instituição escolhida para repassar esse dinheiro do governo devido à nossa história, temos uma ótima relação com o BNDES no que se refere a credito rural”. E complementou “Posso afirmar, em relação a crédito rural, estamos um passo à frente em relação às outras instituições”. Mas, que, hoje, a Cresol também busca atender as necessidades da agricultura empresarial, a agricultura das grandes propriedades “Mas nós nunca vamos deixar de atender aos pequenos, pois, nossa origem está na agricultura familiar” reafirmou o gerente.

PRONAF

Rafael repassou aos presentes que esse ano será destinado ao Pronaf, Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar, 30 bilhões de reais, 2 bilhões a mais que no ano safra anterior. Ele garantiu que esse valor é suficiente para atender a demanda.

NOVIDADES

O Plano trouxe como novidade a taxa de juros, que esse ano está mais baixa, ficando entre 2,5% a 4,6% ao ano. Ampliou as famílias que poderão se enquadrar no Pronaf, na safra anterior, só poderiam usufruir as famílias com renda bruta anual até R$ 360 mil, agora, a renda pode ser até  R$ 415 mil para solicitar o Pronaf.

O PRONAF  CUSTEIO

Manteve-se em R$ 250 mil por mutuário e a taxa de juros 2,5% anual, também se manteve para o cultivo de produtos que vão à mesa como feijão, tomate, cebola, laranja e banana, ou para os produtos com base agroecológicos e da produção da pecuária, apicultura, bovinocultura de leite, ovinos e caprinos. Na produção de milho, a taxa é a mesma, até R$ 20 mil, acima desse valor, a taxa fica em 4,6%.

 PRONAF INVESTIMENTO

O limite de R$ 330 mil foi mantido para as atividades ligadas à suinocultura, avicultura e fruticultura e, R$ 165 mil para os demais empreendimentos.

A taxa de juros para a aquisição de trator de carga, destinado à atividade rural, reduziu de 5,5% para 4,6% ao ano. Com essa mesma taxa,  também poderá adquirir motocicletas.

Rafael explicou mais os pontos centrais do Plano, deu uma reforçada nas questões referentes aos cuidados que os produtores tem que ter em relação ao seguro das produções para não perde-lo e encerrou deixando todos bem à vontade para procurá-lo ou a equipe da agência Pinhão, que todos estarão habilitados a tirar as dúvidas.

AGRADECIMENTO

O prefeito Odir Gotardo, (PT), que esteve presente acompanhando toda a apresentação, foi chamado para receber uma menção de agradecimento pelas parcerias que a administração tem realizado com a Cresol.

Entre as parcerias firmadas entre a prefeitura e Cresol, está o contrato de consignados, ou seja, os cooperados que são funcionários da prefeitura poderão realizar empréstimos com desconto em folha de pagamento. A outra novidade é que, agora, a prefeitura poderá realizar movimentações financeiras com a Cresol. “O consignado é uma novidade para os cooperados, e já poderemos estar realizando a partir de agosto. Desde o ano passado, o banco central liberou as prefeituras a terem movimentação financeira em cooperativas de créditos. A Prefeitura de Pinhão, a nível nacional, está entre as primeiras a aderir à movimentações financeiras junto ao Sistema Cresol, portando decidimos agradecer ao prefeito por confiar e acreditar no trabalho desta instituição”.

GALERIA DE FOTOS | Fotos: Nara Coelho/Fatos do Iguaçu


Receba nossas atualizações

Inscreva-se e logo estará recebendo nossas atualizações

I agree to have my personal information transfered to MailChimp ( more information )

O seu email está 100% seguro. Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

10 − seis =

%d blogueiros gostam disto: