Cleverson é condenado

A pena foi de 6 anos e 8 meses, mas, por precaução, o réu foi preso

Na quarta-feira, 19 de junho, após dez anos da tentativa de matar Verceu Prestes a facadas, Cleverson José Cerenz foi a julgamento. Os jurados consideraram que de fato o réu quando deu os golpes tinha a intenção de matar a vítima. Essa sobreviveu por ter sido socorrida e encaminhada ao hospital. Assim, o réu foi condenado e sentenciado a 6 anos e 8 meses de regime fechado.

O FATO

No dia 09 de março de 2008, Cleverson José Cerenz, que é sobrinho de Verceu Prestes, após ter almoçado e discutido com o tio por causa de um cavalo que havia sido retirado da tropeada, ficou aguardando por ele na estrada rural da localidade de Campina Faxinal dos Ribeiros, em Pinhão, e pulou nele, esfaqueando-o.

A vitima foi socorrida e encaminhada ao hospital, mas, devido à distância entre o local do crime e o hospital mais próximo, a situação se agravou, e isso também foi um fator que pesou na decisão da sentença.  Além de ter ficado com seqüelas que o obrigaram a se aposentar por invalidez, ele ainda sente dores em ações cotidianas, como na hora da alimentação.

PRESO  

Cleverson respondeu a esse processo em liberdade, porém, há mais duas investigações sendo realizadas em que há suspeita de que ele esteja envolvido, uma inclusive por estupro, por medida de precaução e garantia da ordem pública, o juiz de direito, Vinicius de Mattos Magalhães, que foi presidente do júri, decretou a prisão preventiva do réu, assim ao término do julgamento, o mesmo foi preso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dois × cinco =

WhatsApp chat
%d blogueiros gostam disto: