Capa e Editorial da Edição nº: 820

Agradáveis surpresas…

Essa semana o Fatos do Iguaçu recebeu a visita da professora doutora da Universidade Federal do Paraná, Liliana Porto, que veio especialmente de Curitiba  para acompanhar os trabalhos de reportagem do Fatos do Iguaçu, pois ele será foco de trabalhos acadêmicos de alunos da Universidade Federal e de pesquisa da própria professora. Ela participou da correria da coleta de dados para a montagem da edição 820. Encantou-se com os produtores Camilo e Paulina e sua propriedade tão bem aproveitada, e no 5º Seminário de Agroindústria da Agricultura Familiar reviu amigos que fez quando esteve em Pinhão realizando as pesquisas sobre os posseiros. Por sinal foi nessa pesquisa que ela descobriu o Fatos, ela contou que ao andar pelo interior do município percebeu o quanto as pessoas liam o Jornal e o quanto elas esperavam a sexta-feira para saber das noticias e como o Jornal tem credibilidade junto à população. Se admirou que em uma era tão tecnológica um meio de comunicação impresso é tão forte e decidiu que era preciso pesquisar o trabalho do Fatos do Iguaçu. E a professora participou junto com a equipe de reportagem das entrevistas feitas durante a semana, da busca por dados para complementar a edição, inclusive auxiliou a repórter realizando a parte de fotografia. Assim, vivenciando o trabalho de coleta de dados para a edição, a professora viveu a alegria da final do futsal do Jogos da Criança. E tirou a foto da equipe que está realizando o censo agropecuário de Pinhão e Reserva do Iguaçu. E foi declarando de forma admirada de como é trabalhoso todo o processo para a circulação semanal de cada edição e contou-nos que, com as pessoas que ela conseguiu conversar, o que fica evidente é que o Jornal é esperado, respeitado e as pessoas se enxergam nas folhas do Fatos do Iguaçu e que não imaginam o município sem esse órgão de comunicação. Para nossa equipe, ter tido a professora Liliana participando do dia-a-dia da redação foi muito gratificante, pois mostra que um trabalho que teve sua semente plantada há 20 anos está dando frutos. E são vinte anos com muita tempestade, vento, obstáculos, pedras atiradas, desconfiança, campanha contra, mas todos esses dissabores foram enfrentados com muito trabalho e de cabeça erguida, pois o que sempre guiou o Fatos foi a busca por uma constante qualidade, seriedade com as noticias, respeito por todos e a idéia é registrar feitos e fatos, acontecimentos dos pinhãoenses e reservenses, ser a voz de todos, dar visibilidade aos invisíveis, provocar discussões que às vezes as pessoas querem colocar em baixo do tapete. Para fechar a semana com chave de ouro, o diretor do Fatos, Naor, ao chegar em uma tarde no Jornal, encontrou um leitor do Fatos  esperando-o para dizer: “Faz tempo que quero dizer para vocês que gosto muito da forma como vocês trabalham e em especial quero agradecer e parabenizar o trabalho e a forma que vocês acompanharam e contribuíram na luta pela pavimentação da 459, não sou assinante, mas compro o jornal toda semana”. Isso já valeu todas as lutas dos 20 anos e com certeza é uma imensa injeção de boas energias para as lutas dos próximos 20 anos.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

10 + 9 =

%d blogueiros gostam disto: