Capa e Editorial da Edição nº: 814

Editorial

Festejar! Porque não?

A edição 814 circula em pleno recesso, logo após o feriado de sete de setembro, quando muitos estão curtindo a esticadinha que o feriado permitiu nas suas chácaras, praia, rios, visitando parentes e amigos ou mesmo só curtindo um não fazer nada. A equipe do Fatos do Iguaçu está a todo vapor, seja distribuindo o jornal, pois sexta-feira, é dia de ler o Fatos, ou correndo atrás dos jogos e tudo que acontece nos bastidores do 25º Jarcans. Mas tudo bem, essa é a nossa missão, deixar todos informados, atualizados e nós realizamos nossa missão com muito prazer e alegria. Mas, afinal, que feriado é esse ? Pergunta feita por um jovem ao seu colega de trabalho. Vamos então contar aos desligados que o feriado de quinta-feira foi o da independência do Brasil. Muitos vão dizer que não há o que comemorar, mas nós afirmamos que há, pois se temos muitos políticos corruptos, temos muito mais trabalhadores honestos, pessoas justas e que se preocupam com os outros. Se temos assaltantes e criminosos, temos muito mais gente fazendo boas ações, doando sangue, medula óssea para salvar outras vidas. Temos muita gente boa tirando tempo da sua vida para se dedicar a projetos que promovem o bem e ensinam às novas gerações que ser honesto, digno, bom, trabalhador, vale muito a pena. E são as pessoas comuns no seu dia a dia que de fato fazem o país crescer, caminhar, se desenvolver. É aqui nos municípios que se constrói esse grande e lindo Brasil. Reserva do Iguaçu mostrou que na crise, na dificuldade, tendo vontade, dedicação, planejamentos, pode-se sim comemorar. Comemorar em alto estilo! Pois hoje as crianças reservenses têm um lindo, moderno e seguro espaço para brincarem. A comemoração dos 21 anos de emancipação foi a entrega do Espaço Criança à comunidade, junto com mais alguns ônibus para o transporte escolar e uma van para a saúde. Com certeza isso é presente para a comunidade. Parabéns a Reserva do Iguaçu pelos seus 21 anos de aprendizagem, e parabéns aos seus gestores, que se preocuparam com a qualidade de vida dos munícipes. Demonstrando que mesmo em crise é possível fazer, basta querer. O feriado do sete de setembro trouxe outra grande festividade, o Jarcans, que são jogos. Mas não são quaisquer jogos, são jogos que promovem o encontro e confraternização de toda uma região. São jogos onde vem o atleta, e quase sempre  vem junto toda a família para torcer por esse atleta.  Pinhão está colorido pelas diversas cores dos vários times e muito alegre pela prosa animada dos compadres, amigos e familiares que se encontram nos ginásios, enquanto torcem por seus times, tomam um bom chimarrão e colocam a prosa em dia. Os jogos são disputas, competições, todos querem ganhar, ser campeão, mas é também um momento de lazer, de brincar, de confraternizar, com certeza o Jarcans é uma grande festa. Mesmo tendo crise, é preciso comemorar, brincar, relaxar, se encontrar e se confraternizar, pois isso tudo renova as energias, impulsiona o bem, o desejo de querer ir além dos limites. Crise de fato só existe para quem desiste e com certeza nem nós do Fatos do Iguaçu e nem os pinhãoenses e reservenses estão dispostos a desistir da alegria do crescer e se superar, sendo assim, vamos comemorar e brindar a vida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

16 + dois =

%d blogueiros gostam disto: